quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

MAORI BEACH CLUB APRESENTA SURF N’ BEATS




MAORI BEACH CLUB APRESENTA SURF N’ BEATS

COM DONAVON FRANKENREITER E TOM CURREN

As atrações internacionais Donavon Frankenreiter e Tom Curren estarão no surf stage ao lado do DJ Andrezinho. E no beats stage Rapha Costa, André Sarate, Leozinho & Paciornik, Sax & Phone In Concert e Marcelo Nuñez comandam a festa até o dia amanhecer.

No último sábado de janeiro a Maori Beach Club abre suas portas e realiza a festa Surf n’ Beats, dia 29. No line up os melhores e mais destacados dejotas nacionais e atrações internacionais colocam dois palcos para ferver. No surf stage dois tops com paixões em comum: ondas e música. Tom Curren e Donavon Frankenreiter aterrissam na Maori e prometem muitas surpresas e diversão ao lado do DJ Andrezinho. Já no beats stage Rapha Costa, André Sarate e Marcelo Nuñez, dividem espaço com a dupla Leozinho & Paciornik. Além da estreia do projeto Sax & Phone In Concert, que contará com um DJ, um saxofonista, dois tecladistas e um baixista em uma performance inédita ao vivo.

CONFIRA OS DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO:

Tom Curren

Influenciado pelo folk e blues Tom Curren é contagiante em tudo que faz. Lendário surfista e explorador de vários ritmos e combinações o resultado desta mistura pode definir sua personalidade. No último trabalho gravado vale a pena conferir os destaques Light Becomes A Fire, Ocean Wide e Falling Jane.

Donavon Frankenreiter

A primeira prancha de surf veio aos 10. Seis anos depois o primeiro violão. Como inspiração musical Clapton, Page, Dylan e Marley. Donavon Frankenreiter cresceu na Califórnia entre duas paixões: ondas e música. O cantor, compositor e surfista profissional, de 37 anos, assegura que tanto nos palcos quanto no mar não se deve ter uma programação definida e o “elemento surpresa” faz toda a diferença no desempenho das duas atividades. A carreira teve início com a ajuda do amigo Jack Johnson, que estava começando a Brushfire Records na época e ofereceu ajuda na produção do primeiro álbum. A partir de então gira o mundo interpretando sets e arrebatando multidões por onde passa. Glow, último disco gravado por Donavon, imprime nas faixas sua marca registrada: positividade e edificação.

Leozinho & Paciornik

Rodrigo Paciornik incorpora nos sets as batidas de bom gosto de um kit exclusivo: peças de bateria e de percussão. Seu estilo único foi batizado com um nome novo que eleva o artista a outra categoria de instrumento chamado de Drumsinker. Este termo está patenteado em seu nome como técnica única no mundo e é considerada por muitos como uma terceira forma de mixar, pois suas batidas se incorporam a música com extrema naturalidade. Foi eleito através de pesquisa do Instituto Datacenso, o melhor percussionista de música eletrônica do Brasil por 20 de 22 top DJs entrevistados.

A paixão de Leozinho por música eletrônica começou em 1995, quando residia em Londres. De volta ao Brasil, com a bagagem cheia de discos e novidades o estilo escolhido foi Progressive Trance. Presença confirmada nos mais famosos e respeitados clubs nacionais e internacionais, atualmente desenvolve com Paciornik um dos mais comentados projetos de progressive house do Brasil: a festa Life is a Loop. A dupla começou a trabalhar junta há quase dez anos e iniciaram fazendo experimentos e misturando música eletrônica a batidas orgânicas.

Sax & Phone In Concert

Já o DJ Lê Araújo e o músico Vini Netto, que estão à frente do projeto Sax & Phone, decidiram ampliar e adaptar o show que vinham apresentando para eventos especiais. A proposta, pioneira na América Latina, consiste em adicionar a dupla dois tecladistas e um baixista. Os músicos convidados para compor a trupe foram: Silvio Erné (ex-tecladista do Se Ativa), Kiko Garcia (ex-baixista do Se Ativa, Claus & Vanessa, Enzo & Rodrigo) e Thiago Marques (ex-tecladista da Castelo Forte, Katana e professor de música). A estreia do Sax & Phone In Concert acontece no palco da Maori.